Fato em alcântara.
Dimensões variáveis
2015


PúLPITO

Balcões de aeroportos, bilheteiras de museus, caixas de supermercados, bares, estrados, púlpitos…

Todas essas construções significam e organizam em silêncio a posição e lugar dos seres, o seu estatuto e a sua coreografia dentro de um certo espaço.

É surpreendente e finalmente tão natural obedecer ao mobiliário.
No Parlamento Europeu em Bruxelas encontramos esses móveis-pedestais.
Porém, diferentemente daqueles com que nos deparamos quotidianamente, o púlpito central da sessões plenárias não é utilizado. Os deputados exprimem-se do seu lugar.
Móvel de uma aparência tão autoritária, navio encalhado nas areias da indiferença geral. Destroço político.



 


EUh

Next Project

See More